NaNoWriMo 2014: Dia 2

Oii, tudo bom?

Pois é, já estou postando atrasado no segundo dia. Nem eu achei que conseguiria uma façanha dessas hahaha Mas decidi que vou sempre postar no dia seguinte a partir de agora, fica muito mais fácil pra mim.

Mas indo logo ao que interessa: o segundo dia não começou muito bem. Amanhã é aniversário da minha mãe, então ontem teve um almoço com toda a família lá em casa. Tentei aproveitar para escrever enquanto eles arrumavam as coisas, mas não tinha nenhum sprint acontecendo e eu escrevi 84 míseras palavras.

Foi só lá pelo meio da tarde que consegui me esquivar da minha família de novo e participar de um sprint no chat do NaNo, dessa vez foram 787 palavras em 20 minutos — viram como eu estou melhorando? hahaha. Mas logo tive que parar para voltar a dar atenção a minha família. Eu não estava muito preocupada porque viajei de Criciúma para Florianópolis às 20h, e como são no mínimo três horas de viagem, eu tive bastante tempo para alcançar a meta.

A viagem foi muito melhor do que eu esperava. Comecei a escrever já na rodoviária e só parei quando a bateria do notebook acabou, quase três horas depois. Acabei escrevendo 2403 palavras durante a viagem. Além disso, consegui finalmente terminar o Projeto 5 — aquela história que eu estava escrevendo desde o começo do ano. Eu queria escrever mais porque pretendia reescrever o primeiro capítulo dessa história, mas não consegui inspiração e decidi deixar para quando for revisar o projeto.

No final do dia, quando cheguei em casa de viagem, li os três primeiros capítulos que eu já havia escrito da história do intercâmbio — também chamada de Projeto 7 —, e acabei gostando bastante. Decidi continuar dali, mas não escrevi mais nada no segundo dia, achei melhor deixar para o terceiro.

Quantidade de palavras do dia: 3190
Total de palavras: 6272

Leia sobre o primeiro dia | Leia sobre o terceiro dia

 

Anúncios

NaNoWriMo 2014: Dia 1

Oii, gente, tudo bom?

Hoje finalmente começou o mês mais louco do ano e preciso confessar que eu estava bem ansiosa! Já estava há alguns dias sem escrever nada — acho que até mais de uma semana —, então estava confiante de que pelo menos no primeiro dia eu conseguiria atingir a meta das 1666 palavras.

Porém, depois de tanto me preparar, cheguei em casa — do aniversário da avó do meu namorado, então não tive culpa! — dez minutos atrasada. Eu sei que são só dez minutos, mas na hora eu não conseguia parar de pensar que já estava começando com o pé esquerdo e isso não poderia ser um bom presságio.

Comecei a escrever só lá pela meia-noite e meia, e, ao contrário do que eu esperava, o começo foi meio difícil. Como eu disse, vou continuar essa história que comecei a escrever em janeiro, e eu havia parado bem no meio de uma cena, então tive que reler essa parte e continuar dali. Eu estava com um pouco de dor de cabeça e meio desmotivada, mas aos poucos a escrita foi fluindo e acabei a noite com 2355 palavras!!! Nem consegui acreditar quando vi a contagem hahaha

Decidi encerrar a noite por ali mesmo e continuar quando acordasse. Eu só não esperava acordar com a garganta toda dolorida e ter que passar boa parte da manhã na fila do hospital (quem me acompanha no twitter deve ter percebido que eu tenho ficado com dor de garganta quase toda semana nesse inverno, mas dessa vez é faringite, então acho que tomar os remédios no horário já resolve). Cheguei em casa, decidi gravar a resenha de Sussurro, da Becca Fitzpatrick, antes de escrever — assista ao vídeo aqui —, e então participei de um sprint de 20 minutos.

Comecei 2 minutos atrasada e saí na desvantagem, claro, mas no final acabei ficando em segundo lugar com 727 palavras, enquanto o primeiro escreveu 786. Depois disso não tive mais como escrever pois à noite tenho janta de aniversário da minha mãe e em seguida festa de aniversário de uma amiga, portanto tive que parar cedo para me arrumar.

E é assim que eu encerro meu primeiro dia de escrita cedo demais, mas com a satisfatória contagem de 3082 palavras!

Leia sobre o segundo dia